Retratos da intolerância

Mona Eltahawy - liberosocial

  Este post foi escrito por Fernanda Oliveira, uma das colaboradoras do blog.

 

  Estamos diante de uma realidade sem limites. A jornalista egípcia-americana Mona Eltahawy, que já escreveu para importantes jornais nos Estados Unidos, como o The New York Times e The Washington Post e que é conhecida por fazer duras críticas as autoridades do Egito, relatou que foi presa e sofreu espancamentos e abusos sexuais da polícia egípcia, enquanto realizava reportagens na cidade do Cairo. Ela passou 12 horas presa para, enfim ser libertada. Indignação total!

 

  Quantas mulheres no Oriente Médio estão sujeitas a diferentes tipos de abusos e devem enfrentar as regras da maioria, que impõe a lei do mais forte.

 

  Isso nos faz refletir; Problema cultural? Religião? Antecedentes familiares? Eu creio que não! Estes, não são fatores de predisposição para as pessoas serem absolutamente más. É a personalidade e índole de cada um.

 

  Vejo, há muito tempo atrás nas mesmas regiões do Oriente Médio, Jesus um homem com filosofia inigualável, dizendo a todos: Amai-vos uns aos outros.

 

  Parece que a temática não funciona na realidade do Oriente Médio.

 

Até quando? Quanta dor! Quanta humilhação! Se calar jamais!

 

  Por isso, que devemos mostrar os fatos e lembrar que somos seres humanos e que fazer o mal ao outro é um repúdio, um ato primitivo.

 

Levantar e mostrar

Dentro de si

Que não há crueldade

Que supere o dom da compaixão e do afeto.

 

Até a próxima!

Comente com sua conta do Facebook

comments

DEIXE UMA RESPOSTA