Novo jeito de resolver problemas

A internet modificou o modo como consumimos informação, e a web 2.0 modificou as nossas relações. Aos críticos de plantão: bem vindo ao futuro. As redes sociais estão se tornando um balão de ensaio de idéias e repercussão. É incrível como uma frase ou uma foto gera tantas opiniões e comentários. E por que não utilizar essa força para algo produtivo?

Pois bem, já existe um conceito para isso, que é o crowdsourcing. Na prática isso significa a produção coletiva de algo por meio da internet. Assim, é possível criar conteúdos e encontrar soluções dos mais diversos problemas, uma vez que conta com a capacidade dos milhares de internautas.

A Rede Itsnoon, criada pelo brasileiro Reinaldo Pamponet, que vende projetos para grandes empresas, como Vivo, Kraft e Santander já é uma realidade. Nessa rede, as pessoas podem enviar textos, imagens, vídeos ou áudios para responder às ‘Chamadas Criativas’. Estas chamadas são perguntas como “Qual é a força do jovem da periferia?” ou “O que é um empreendedor criativo para você?”.

Numa das chamadas, por exemplo, cada uma das 10 melhores contribuições ganham R$ 100. Ou seja, é possível trabalhar, isso significa gerar receita, a partir das suas ideias. Isso é Economia Criativa, que tanto falamos aqui no Libero Social.

Para participar é simples, basta se cadastrar na rede e postar o conteúdo que você já está matutando a tempos na sua cabeça, ou produzir respondendo as chamadas disponíveis no site. Ainda há a possibilidade de participar direto do seu celular ou tablet com o aplicativo para aparelhos com sistema Android.

Agora imagine tudo isso funcionando para a criação de soluções sustentáveis? Problemas sociais? Novas ideias de administração pública e privada? Chegaríamos a um patamar extremamente colaborativo e a dinâmica de soluções seria formidável. Ainda há um caminho a percorrer, mas as expectativas são muito boas.

Acessem e ponham essas cabeçinhas para funcionar!

Até a próxima!

 

Comente com sua conta do Facebook

comments

DEIXE UMA RESPOSTA