Jovens americanos trocam carros por bicicletas e ônibus

O Grupo de Pesquisa de Interesse Público dos E.U.A., analisou os números sobre as preferências de viagem entre os jovens americanos – e a notícia não é boa para as montadoras.

De 2001 a 2009, o número anual de quilômetros percorridos pelos veículos guiados por jovens (16 a 34 anos) caiu de 10.300 quilômetros para 7.900 quilômetros per capita. Uma queda de 23%. Tem mais! No ano de 2009, o público com a mesma faixa etária utilizou 24% mais bicicletas do que em 2001.

E, se você pensa que são as pessoas menos ricas que estão utilizando alternativas de transporte mais sustentáveis, acaba de se enganar. A tendência para estas opções foi ainda mais acentuada entre os americanos de renda mais alta. De 2001 a 2009, os jovens que viviam em famílias com renda anual de mais de 70.000 dólares, aumentaram o uso de transporte público em 100%, o uso de bicicletas em 122%, e simplesmente caminhar em 37%.

Caminho livre para as bikes.

Uma série de fatores está contribuindo para esta tendência. Alguns estados norte americanos estão dificultando o acesso a primeira habilitação. Os preços mais elevados dos combustíveis também contribui para que os jovens utilizem com mais frequência as bikes e o transporte público em detrimento do carro. Especialmente porque esta faixa etária, luta cada vez mais para ingressar em um mercado de trabalho menos favorável.

Finalmente, a tecnologia, especificamente os smartphones, e sua incompatibilidade com “dirigir seguramente”. Ou seja, os jovens preferem ficar na internet enquanto estão no ônibus ou metrô do que dirigir nos trânsitos engarrafados das cidades. 

A pesquisa conclui que existe uma mudança cultural que está distanciando o uso do automóvel e as gerações mais jovens.

Será que os jovens americanos estão realmente preocupados com as questões ambientais, ou será que é a falta de dinheiro a culpada pelas mudanças de atitude? O futuro responderá esta questão.

Até a próxima!

Referência Streets Blog

Comente com sua conta do Facebook

comments

DEIXE UMA RESPOSTA