Ao morrer, preocupe-se com o meio ambiente!

A morte é implacável, deixa uma dor enorme, mas se você morrer no Inglaterra e for cremado, talvez você possa fazer sua última ação em prol do meio ambiente. Desde 2008, alguns crematórios da terra da rainha adotaram algumas atitudes para deixar esses locais menos poluentes.

Em Manchester, no norte da Inglaterra, as emissões de carbono da região são recicladas e o calor gerado pela queima dos corpos nos crematórios é utilizado para ativar o aquecedor central e o sistema de iluminação da capela local. O primeiro local a testar essa ideia de reciclagem foi a cidade de Dukinfield, que conta com menos de 17 mil habitantes e os religiosos do local aprovaram a ideia.

A queima de corpos causa outro problema: a emissão de gases tóxicos, como é o caso do mercúrio que é decorrente do derretimento de dentes humanos. Para evitar a emissão desses gases, os crematórios ingleses instalaram filtros especiais que impedem que o mercúrio entre na atmosfera.

Outra ideia, esta pouco aceita, é utilizada nas regiões de Bath e North East Somerset. Eles estão deixando os cadáveres acumularem antes de fazer a incineração. Os corpos não chegam a ficar semanas expostos, mas também não estão sendo cremados apenas uma pessoa por vez.

E aí, já pensou em como será a sua morte? Afinal, desde o dia que nascemos estamos mais perto dela.

Até a próxima!

 

Comente com sua conta do Facebook

comments

DEIXE UMA RESPOSTA