Pedágio é a solução para o trânsito paulistano

 

Uma polêmica ronda a vida dos moradores de São Paulo: a cobrança de pedágio dentro do perímetro urbano da cidade. Oras, o pedágio será uma pedra no sapato dos motoristas, mas um tênis bem confortável para todos os paulistanos.

O assunto é tão polêmico, que nenhum prefeito teve a coragem de instalar esse tipo de cobrança, o que soa como uma forma populista de empurrar com a barriga o trânsito de São Paulo. Inaceitável!

Quem vive na capital paulista sabe que a cidade é feita para os carros, eles tomam cada centímetro quadrado e entopem todas as vias. O pedágio é mais que uma cobrança, é uma maneira de forçar os paulistanos a repensar seu modo de vida.

Em uma cidade que borbulha capitalismo, ter um carro é um status, mas não é muito difícil ver Camaros e Ferraris paradas na Avenida Farina Lima sem poder se locomover. Os pedágios serão um custo a mais, para que seja possível repensar a compra de um automóvel.

Eu vou ainda mais além, e aguardo as críticas: o preço médio dos estacionamentos deve ser reajustado 40%; todas as vias da cidade com duas ou mais faixas devem ser transformadas em corredores de ônibus; todas as vias com duas ou mais faixas devem conter uma ciclovia. Isso, sem falar, é claro, dos investimentos em transporte coletivo de massa, como o metrô e o trem.

Uma cidade populosa como São Paulo só encontrará o caminho certo se pensar de forma coletiva, ou você pensa que está sozinho?

Até a próxima!

Comente com sua conta do Facebook

comments

DEIXE UMA RESPOSTA