As oportunidades começam no banco escolar

Um estudo realizado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), em parceria com a Campanha Nacional pelo Direito à Educação mostrou que o Brasil possui 3,7 milhões de crianças e adolescentes fora da escola. O que mostra a incapacidade do Governo Brasileiro em desenvolver políticas públicas adequadas a esse público.

A análise do relatório é baseada na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios/2009 (Pnad/2009), e comprova que o trabalho infantil, o fracasso escolar, as desigualdades sociais e a baixa renda familiar são fatores de risco do abandono escolar de crianças e adolescentes.

A máxima em que “as crianças são o futuro do Brasil” pode representar tempos difíceis para o nosso País. Afinal de contas, o Governo em suas três esferas está falhando na sua missão de oferecer o mínimo, que é educação, quando também deveria fornecer capacitação para inserção no mercado de trabalho.

A sociedade também precisa estar atenta, porque este ano vamos eleger prefeitos e vereadores e não podemos mais aceitar que índices como esses continuem persistindo na vida dos brasileirinhos. Ou mais uma vez acharemos graça nas palhaçadas dos nossos representantes?

Até a próxima!

 

Comente com sua conta do Facebook

comments

DEIXE UMA RESPOSTA