Jovens criados nas ruas de São Paulo criam guia de sobrevivência

Não espere um livro cheio de macetes, afinal de contas ninguém vai querer passar pela experiência deles. Um grupo de 25 adolescentes em risco social, que se criaram nas ruas da maior cidade do Brasil, descreveu suas experiências por meio da arte.

Os adolescentes escolheram a arte para descrever como lidam com violência, drogas, problemas familiares e como fazem para comer, dormir, se vestir, ir ao banheiro, se proteger e se divertir.

O trabalho, chamado de “São Paulo: Manuais de Sobrevivência”, é resultado de uma parceria entre a Fundação Unhate e o Projeto Quixote. Os adolescentes participaram neste mês de desenho, fotografia, música e dança na sede do Quixote, na Vila Mariana, Zona Sul. Detalhe: quem mora com a família volta para casa, quem vive na rua dorme no local.

Tudo que foi produzido durante as oficinas ficará exposto até o dia 17 de novembro, na DOC Galeria, que fica na Rua Aspicuelta, 622, Vila Madalena, Zona Oeste de São Paulo. Algumas das obras serão projetadas em edifícios da Avenida Paulista, numa data a ser definida, uma grata surpresa!

Até a próxima!

 

Comente com sua conta do Facebook

comments

DEIXE UMA RESPOSTA