Jilmar Tatto, o infeliz secretário de transportes de São Paulo

jilmartatto1

Entre outras “autoridades”, o comunista Jilmar Tatto toma posse como secretário de Transportes da cidade de São Paulo amanhã. O político foi indicado pelo prefeito eleito, Fernando Haddad. Tatto é político de carteirinha e pouco sabe como lidar com o transporte, principalmente na capital paulista. Contudo, apesar de ser um fracassado nas urnas está sempre nas listas de alto escalão do PT.

Como se não bastasse, o comunista acumulará a função de presidente da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e da SPTrans (empresa que gerencia o transporte público). Infelizmente, um tema tão importante para São Paulo é tratado como troca de favores políticos, em vez de ser uma pasta comandada por especialistas capazes de resolver o caos que se encontra o transporte paulistano.

Nomes importantes do setor de transportes ficaram de fora, como: Luiz Cortez, arquiteto e especialista em transporte, Horácio Augusto Figueira, consultor em transporte, e Orlando Strambi, professor titular da área de Planejamento e Operação de Transportes da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), só para citar alguns.

A decisão do prefeito Haddad condena a capital paulista a mais quatro anos de incompetência e falência do sistema público de transporte e a extinção de nova ideias.

O prefeito petista foi eleito com o mote do “novo”, das novas ideias, do empreendedorismo, das novas soluções. Mas infelizmente, Haddad está se mostrando só um fantoche da cúpula petista para empregar os velhos “cumpanheiros”, sem que haja nenhum interesse para o bem da cidade e seus moradores.

Só gostaria que as mortes e problemas nos trânsito fossem debitados das contas e da consciência dos gestores políticos da prefeitura.

 

Comente com sua conta do Facebook

comments

5 COMENTÁRIOS

  1. O autor do texto deve ser mais um dos muitos filhotes de nazistas do tipo “Veja”. Um monte de bobagem sem fundamento algum é o texto. O diabo do prefeito foi eleito e pode nomear quem quiser. Puta que o pariu! É tão difícil entender isso?

  2. João, e qual é a dificuldade do prefeito eleito em nomear alguém que entenda dos problemas do transito e do transporte de são paulo que é tão caótico?? O Haddad tem sim o direito de normal qualquer um, mas que esse “UM” pelo menos tenha conhecimento, se possível de causa sobre o problema. Nomear ou defender alguém que nem entende do riscado nada mais é do que IGNORÂNCIA ao cubo!!

  3. No último concurso da SPTRANs para o cargo de Técnico de Sistema de Transporte Jr(TST), antigo agente fiscal, do total de mais de 3000 inscritos e selecionados os 700 melhores, a empresa com sua organizadora, simplesmente desclassificou mais de 500 pessoas, no teste chamado de psicológico, mesmo este teste estando á margem do direito, fou usado como uma forma SUBJETIVA de tirar os melhores classificados.
    E agora, à quem recorrer???????????

  4. O autor estava coberto de razao. Apos uma lambanca com o preco da passagem… O distinto secretario diz que a reducao do preco da passagem tem que ser custeado pelo transporte individual. Um recado: Jilmar, o senhor foi nomeado secretario, nao juiz. Quem disse que vc tem competencia pra afirmar tal coisa? Boa noite infeliz secretario. Parabens pela materia.

DEIXE UMA RESPOSTA