Saiba o que fazer com brinquedos eróticos velhos

Uma mulher solitária, apesar de forte e madura, tem necessidades fisiológicas, como qualquer outro ser humano. Nem sempre o dedo médio e indicador dão conta do recado e é preciso recorrer aos artefatos tecnológicos disponíveis no mercado. Porém, o que fazer quando esses objetos se tornam obsoletos?

Convenhamos que doa-los aos mais necessitados não é uma boa ideia. Então, eles acabam esquecidos no fundo do armário ou vão parar muito bem embrulhados no lixo comum. Na Inglaterra, esses objetos podem ser reciclados e de uma maneira bem interessante e sem precisar de identificação.

A empresa de brinquedos eróticos, Love Honey Rabbit Amnesty, arrecada vibradores para que eles sejam reciclados. As consumidoras (ou consumidores) enviam o brinquedo (lavado, obviamente) pelo correio. Lá ele será encaminhado para reciclagem.

Além de contribuir com o meio ambiente, a dona do objeto ganha desconto de 50% em um novo vibrador. Assim, LoveHoney Rabbit aumenta suas vendas e cria entre os ingleses, uma ação ecológica e de bem estar, uma vez que as pessoas ainda tem vergonha de expor esse tipo de intimidade, mesmo que seja para jogar fora.

No Brasil ainda não existe nenhum iniciativa como essa, mas fica a dica para os nossos leitores empreendedores de plantão, que poderiam fazer uma parceria com as empresas fabricantes de brinquedos eróticos. Enquanto isso não acontece, o jeito é perguntar onde é possível entregar o artefato, sem vergonha de ser feliz.

Até a próxima!

 

Comente com sua conta do Facebook

comments

DEIXE UMA RESPOSTA